Últimas

Assassinos de Marielle são presos a 2 dias do crime completar 1 ano

Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz


O sargento da Polícia Militar reformado Ronnie Lessa (48 anos) e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz (46 anos.) foram presos agora pela manhã (12) por policiais da Divisão de Homicídios e promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro. Eles  são acusados pela Operação Lume – que investiga a morte da vereadora Marielle Franco assassinada em 14 de março do ano passado – de terem executado o crime que também vitimou Anderson Gomes, motorista da vereadora. 

Para a Força-Tarefa Ronnie Lessa atirou contra o carro da vereadora atingindo fatalmente ela e seu motorista. Ele estaria no banco de trás do Chevrolet Cobalt visto nas imagens divulgadas a época pela imprensa. Lessa foi preso em casa na Barra da Tijuca.

Élcio Vieira de Queiroz seria o motorista da ação. Ele também foi capturado em casa no Engenho de Dentro.


Apesar das prisões dos acusados da execução do crime, os investigadores da Lume ainda desconhecem o mandante do assassinato da vereadora, bem como a motivação, mas 34 endereços sofrerão mandatos de buscas ao longo desta terça. A Polícia busca documentos, telefones celulares, notebooks, computadores, armas, acessórios, munição e outros objetos, que contribuam para a elucidação completa do crime. 

Na próxima quinta feira, dia 14, o assassinato da vereadora e de Anderson Gomes completará 1 ano.

Da Redação com informações de G1, O Globo e O Dia

Nenhum comentário