Últimas

Laudo exime Adélio de culpa e ele ameaça matar o presidente quando sair da cadeia




 Adélio Bispo tentou matar Bolsonaro a facadas.

Um laudo feito por peritos indicados pela Justiça Federal diz que Adélio Bispo, o autor do atentado a Jair Bolsonaro, é doente mental. Segundo o documento, obtido pela TV Globo, Adélio, que confessou o crime de tentar assassinar Bolsonaro, não pode ser punido criminalmente pelo fato.

O laudo entregue à Justiça em fevereiro aponta que o agressor tem a doença chamada “transtorno delirante permanente paranoide” e, por isso, foi considerado inimputável. Adélio ainda fez uma nova ameaça contra Bolsonaro dizendo que quando sair da cadeia irá matá-lo.

A Justiça Federal já aceitou a denúncia contra Adélio por prática de atentado pessoal por inconformismo político e o tornou réu, mas ainda não julgou o caso. Adélio está preso provisoriamente desde o dia do crime, que aconteceu em Juiz de Fora (MG).


MBL

Nenhum comentário