Últimas

Mulher sobrevive a 68 facadas e conta detalhes do crime


A violência é um problema muito grande no Brasil e as mulheres muitas vezes são vítimas de casos revoltantes e nesse artigo, falaremos sobre um acontecimento que chocou os cidadãos baianos.

Atacada por dois homens contratados, ela afirma que o mandante, seu namorado, assistiu toda a ação. De acordo com a vítima, após deixar o trabalho na quinta-feira de carnaval (28/02), ela se encontrou com Fábio Barbosa Vieira, o namorado.

Ele estava acompanhado pelos criminosos e havia informado para a jovem que se tratavam de amigos que trabalhavam junto com ele.  As agressões começaram dentro do carro.

Isabela contou para a reportagem que recebeu um golpe conhecido como mata-leão. Ao pedir ajuda para Fábio, ele respondeu que aquele era o dia de sua morte.

Ele afirmou ter pago R$ 500,00 para que os homens cometessem o feminicídio.

Detalhe choca: “travei minha respiração”.
Ela afirma que estava “lavada em sangue” e que travou a respiração, deixando de se defender para que os agressores achassem que ela já estava morta. 

“Eles acharam que eu tinha morrido”, disse ela, dizendo que após isso foi arrastada do carro e jogada de uma ribanceira.

Ela perdeu a visão de um dos olhos e passará por uma cirurgia para tentar reverter a lesão. 

Fábio Vieira foi preso e os dois homens envolvidos no ataque ainda estão foragidos. O mandante foi conduzido para a Central de Flagrantes da Polícia e autuado por tentativa de feminicídio e sequestro.

Nenhum comentário