Notícias

Após decreto de Karla cancelando o aumento de salário da prefeita e dos vereadores, Câmara também se pronuncia sobre o assunto através de Projeto de Lei

 

 Por Eudes Santiago 

Karla Pimentel (PROS), prefeita da cidade de Conde, no Litoral do Sul da Paraíba, não esperou muito desde que assumiu o Executivo municipal para se posicionar sobre a Lei 1061/2020 que aumentava os salários dos secretários, vereadores e o da própria prefeita.

A prefeita entendeu que o aumento era inapropriado e incoerente. Com essa justificativa publicou o Decreto 003/2021, seu terceiro desde que assumiu, suspendendo o aumento que havia sido promulgado no último dia útil de dezembro de 2020. “É preciso ser coerente com a realidade de nosso município", argumentou Karla.


Três dias após o Decreto da Prefeita, a Câmara Municipal decidiu seguir o mesmo entendimento e colocou em votação o Projeto de Lei 002/2021 com teor idêntico ao disposto no Decreto supracitado. 

A aprovação do PL nesta segunda (18) serve para ressaltar o quão indecente seria receber aumento salarial em um momento tão crítico da humanidade, quando o dinheiro público deve estar empenhado para salvar as vítimas da Covid-19.

Nenhum comentário