Notícias

Nova diretoria do SAMU quer capacitar professores e orientar a população de Alhandra para o uso consciente do serviço

 
Patrícia Tavares, diretora do SAMU de Alhandra

 Por Eudes Santiago 

Sob a direção da professora de saúde Patrícia Tavares, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Alhandra, na Grande João Pessoa, estabelece metas e prioridades para o ano de 2021.

"Iniciamos as atividades revitalizando o ambiente de trabalho e reestruturando a equipe. A merecida importância dada aos profissionais desta Unidade refletirá num serviço de melhor qualidade à comunidade alhandrense", explicou a diretora em entrevista para O ESTADO PB. "Investiremos na formação contínua e na valorização dos nossos colaboradores", acrescentou.

A nova diretora pretende transpor os métodos usais de relacionamento do SAMU com a população e explica que projeta um programa de capacitação para que os professores da rede municipal de ensino possam prestar os primeiros socorros aos alunos, em caso de acidente leves, ou dar assistência à vítima até a chegada da equipe, em casos de acidentes de maior gravidade.


Com apenas 2 viaturas a disposição, Patrícia aposta na conscientização da população sobre o uso do serviço através das mídias sociais e da imprensa local. "Utilizaremos todos os canais possíveis para falar direto com cada residente de Alhandra. Queremos que todos saibam como e quando usar nossos serviços. Com isso otimizaremos o uso dos recursos, dos equipamentos e dos veículos", informou a diretora.

Um efeito prático da estratégia de comunicação que será usada é a diminuição de chamados desnecessários e a queda nas incidências de trotes.

Sobre a qualidade do atendimento Patrícia disse que tem uma equipe humanizada e capacitada.

Nenhum comentário