Notícias

Prefeitura de Conde decreta luto de 3 dias pela morte do senador José Maranhão

 
Maranhão morre vítima de complicações da Covid-19

A Prefeitura de Conde, no Litoral Sul da Paraíba, decretou luto oficial de 3 dias pela morte do senador José Targino Maranhão ocorrida as 21h15m desta segunda feira (08). O senador veio a óbito em decorrência de complicações da covid-19.

Maranhão estava internado desde 29 de novembro no Hospital Vila Star em São Paulo e seu corpo será levado para sua terra natal, Araruna-PB, onde será sepultado.


Reconhecido por sua idoneidade, José Maranhão cumpria o seu segundo mandato como senador da República. Sua vida política começou em 1955 quando foi eleito deputado estadual, cargo para o qual foi reeleito por mais três mandatos. Também foi três vezes deputado federal e governador do estado da Paraíba em três ocasiões.

"É dever do Poder Público condense render justas homenagens àqueles que com o seu trabalho, seu exemplo e sua dedicação, contribuíram para o bem-estar da coletividade", justificou a prefeita Karla Pimentel no decreto 005/2021.
 
Decreto de luto pela morte de José Maranhão

A prefeita ainda destacou os trabalhos prestados pelo senador ao munícipio no decorrer dos seus 66 anos de vida pública.

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido presidido pelo senador na Paraíba, divulgou o roteiro do sepultamento:

14h - Chegada de São Paulo no Hangar do Estado no Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa, onde será recebido por familiares, autoridades eclesiásticas, civis e militares. Segue em cortejo pela BR 230, em carro do Corpo de Bombeiros, com destino ao Palácio da Redenção, onde será velado até às 17h.

17h - Partirá no carro de Bombeiros para sua residência no bairro Altiplano, onde se fará um momento de silêncio em sua homenagem. Retomando à BR230, o cortejo de carros seguirá para Araruna, onde o corpo será velado durante a noite na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.

10h - O sepultamento está previsto para a manhã desta quarta-feira no Cemitério Municipal.

SECOMD

Nenhum comentário