Notícias

Superintendente de Trânsito de Lucena comemora os primeiros resultados: “A cidade clamava por mobilidade"



 Por Eudes Santiago 

Problemas históricos do trânsito de Lucena foram solucionados ainda nos primeiros 20 dias da Gestão Léo Bandeira. O Estado PB tomou nota de algumas soluções da Superintendência de Trânsito, gerenciada por Magno Ferreira, que resgataram a mobilidade dos residentes e visitantes da cidade praieira. 

PLACAS DE SINALIZAÇÃO
Placas de trânsito que estavam abandonadas em uma das dependências do Governo Municipal foram revitalizadas e postas nas ruas para orientar condutores. Não se sabe desde quando estas placas estavam guardadas, mas é evidente que representavam a falta de responsabilidade com o erário público, marca inconfundível da gestão que conduziu a cidade até o último dezembro.

Um dos primeiros atos da Superintendência de Trânsito foi instalar as placas nos seus devidos lugares. As belezas naturais de Lucena ensejam a presença constante de turistas que dependem das placas de sinalização para utilizarem as vias locais.


VIATURA
A disponibilização de uma viatura para incursões da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semul) foi fundamental para amenizar os gargalos que paravam o trânsito da cidade até mesmo em dias da semana, quando normalmente os veículos se resumem aos locais. 

A mobilidade adquirida pela Secretaria permite a ida aos pontos onde sua presença se fizer necessária.

ORIENTADORES
A Prefeitura contratou e capacitou Orientadores de Trânsito que são dispostos nas principais ruas e nos focos de congestionamento para orientar condutores e transeuntes. 


TRÂNSITO NA PRAIA
Perigoso para banhistas, tanto quanto para condutores e passageiros, a presença constante de veículos na areia da orla chegou perto de fazer vítimas fatais. A Semul interviu, inicialmente com ações educativas e mais recentemente com ações repressivas.

O resultado é a significante diminuição do trânsito na praia. Mais segurança para todos. 


AÇÕES EDUCATIVAS
Obrigações como o uso de capacetes para motociclistas e o de cinto de segurança para motoristas e respectivos passageiros têm sido um problema cada vez menos recorrente em Lucena. As constantes ações educativas da Semul têm surtido efeito. 

A Semul tem se posto como parceira da vida e por esta razão está nas ruas cobrando responsabilidade dos condutores o que resulta em menos risco para eles próprios.

“PROVA DE FOGO”

A “prova de fogo” foi o período de Carnaval, de 12 a 17 de fevereiro. A Semul participou de ações com a Secretaria de Saúde, Secretaria do Turismo e Polícia Militar; contribuiu com as 3 barreiras sanitárias; auxiliou a PM na repressão a poluição sonora; participou do “arrastão da prevenção” com o prefeito Léo Bandeira; orientou visitantes e residentes; coordenou os espaços de estacionamentos para garantir a mobilidade no Centro da cidade e fiscalizou os balneários para garantir que não houvesse a presença de veículos.


Magno Ferreira comemorou os resultados das ações em uma reunião com a equipe da Semul: “A cidade clamava por mobilidade e a gente precisava dar essa resposta. Avançamos muito em pouco tempo, graças ao apoio da população e a confiança do nosso prefeito.”

Nenhum comentário