Notícias

Alhandra permite realização de cultos, mantém toque de recolher e restringe atividades no fim de semana

 

Em Decreto publicado nesta quinta-feira (11), a Prefeitura de Alhandra, trouxe manutenção do toque de recolher das 22h às 5h, a suspensão das aulas presenciais nas escolas da rede municipal e alterações nos horários dos setores do comércio e a permissão para realização de missa, cultos e quaisquer cerimônias religiosas com 30% da capacidade do ambiente, estão entre as medidas que passam a vigorar entre os dias 11 e 26 de março no município de Alhandra, conforme documento publicado na edição desta quinta-feira (11) no Diário Oficial do Município. 

As ações têm o objetivo de evitar aglomerações de pessoas e conter a disseminação do coronavírus no município.

Os Shopping e centros comerciais podem funcionar até às 21h. Os bares, restaurantes e assemelhados podem funcionar até às 16h. Supermercados, lanchonetes e lojas de conveniência às 21h, sendo proibido o consumo no local a partir das 16h. Depois das 16h, apenas com delivery e takeaway até às 21h30 durante a semana. Nos fins de semana, que compreendem os dias 13,14,20 e 21, eles só poderão funcionar exclusivamente por delivery ou retirada do produto no estabelecimento pelo cliente.

As missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais, só poderão funcionar com 30% da capacidade. É obrigatória a aferição de temperatura na entrada das igrejas, ficando vedada a entrada de pessoas que apresentem 37ºC ou mais. Deve ser disponibilizado álcool na porta de entrada e no interior das igrejas como também é obrigatório o uso de máscara no interior das igrejas. O decreto também faz observação quanto à obediência às regras de higiene e de distanciamento de dois metros entre pessoas.

Serviços e comércio – Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até às 17h.

Nos dias 13, 14, 20 e 21 só serão permitidos funcionar os estabelecimentos médicos, hospitalares, odontológicos, farmacêuticos, psicológicos, laboratórios de análises clínicas e as clínicas de fisioterapia e de vacinação. Também estão incluídas as clínicas e hospitais veterinários. A distribuição e comercialização de combustíveis e derivados, distribuidores e revendedores de água e gás, hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, padarias e lojas de conveniências situadas em postos de combustíveis, fica proibido o consumo de alimentos e qualquer bebida no local. Estão permitidos para estas datas também o funcionamento dos cemitérios e serviços funerários, serviços de manutenção, reposição, assistência técnica, monitoramento e inspeção de equipamentos e instalação de máquinas e equipamentos em geral, incluindo elevadores, escadas rolantes e equipamentos de refrigeração e climatização.

Feiras Livres – Podem funcionar desde que observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, e pela Legislação Municipal que regular a matéria.

Escolas – O novo decreto mantém a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas municipais, devendo ocorrer apenas de forma remota ou online. No documento também informa a previsão das aulas híbridas para o dia 29 de março. Já as instituições privadas dos ensinos superior e médio funcionarão exclusivamente de forma virtual, até o dia 26 de março.

Uso de máscaras – Permanece obrigatória no município a utilização das máscaras nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados que estejam autorizados a funcionar de forma presencial e nos veículos públicos e particulares que transportam passageiros.

O descumprimento ao decreto sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência, que pode compreender períodos de sete a catorze dias, e na aplicação de multas que podem chegar a R$ 50 mil.

Nenhum comentário