Notícias

Câmara de Conde aprova auxílio emergencial; Confira quem recebe

 
Foto ilustrativa

Dada a evolução da crise econômica causada pela pandemia da Covid-19, em especial entre trabalhadores informais e autônomos afetados diretamente pelos efeitos da pandemia, a Prefeitura de Conde enviou um projeto de Lei para criar o Programa Renda Emergencial Temporário que dará um auxílio financeiro a estes profissionais.

Segundo o texto enviado à Câmara em regime de urgência, o auxílio é para pessoas que se apresentem em condições de pobreza e vulnerabilidade e serão concedidas 2 parcelas, podendo ser prorrogado durante a vigência da emergência de saúde pública de importância nacional.

O auxilio complementa outros benefícios do Poder Público e busca reduzir os efeitos sociais e econômicos da pandemia originada pela COVID-19. "É preciso uma atenção especial do Poder Executivo Municipal, garantindo auxílio financeiro para esses munícipes que estão em situação de vulnerabilidade", defende a prefeita Karla Pimentel.

Caso a Câmara aprove os projetos encaminhados, a Prefeitura poderá conceder o benefício que servirá para amenizar os efeitos econômicos causados pela pandemia.



Para receber o auxílio, o beneficiário precisará:

• Ser trabalhador ambulante do comércio informal e afetado diretamente pelos efeitos da PANDEMIA;

• Estar previamente cadastrado na Secretaria de Trabalho e Ação Social e na Secretaria de Turismo;

• Residir no município de Conde;

• Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico);

• Ter renda mensal de até meio salário mínimo por integrante da família.

A Câmara Municipal de Conde convocou uma sessão extraordinária para esta sexta-feira (19), quando deliberará sobre o projeto enviado pela prefeita Karla Pimentel, além de votar autorizações para que o Conde participe dos consórcios intermunicipais para a compra de vacina contra a Covisd19, e para integração da região Metropolitana da capital.

SECOMD


Nenhum comentário