Notícias

Servidores públicos, ongs, moradores, comerciantes e turistas se unem pela limpeza das praias da Costa do Conde

 

As recentes chuvas trouxeram detritos indesejados às praias do litoral paraibano. São resíduos de plantas de água doce e pequenos objetos oriundos do escoamentos das águas para os rios que cortam as cidades e desembocam no mar.

Segundo a engenheira ambiental Samara Galvão, "as chuvas desta semana carrearam resíduos de lixo para os rios que cortam as áreas urbanas do Litoral, os rios levaram estes detritos para o mar junto com vegetação de mangue e o mar devolveu os resíduos para faixa de areia."

Algumas praias da Costa do Conde receberam um pouco desses detritos, provavelmente oriundos das correntes marítimas, visto que os rios que cortam a cidade passam por poucos ambientes urbanos.

A verificação da chegada destes detritos nas praias do Conde aconteceu dia 13 de abril. A Secretaria de Meio Ambiente intensificou a coleta de lixo nas praias, mesmo limitada por estar trabalhando com um contrato de emergência. A própria equipe administrativa se disponibilizou para contribuir em ações que aconteceram nos dias 15 e 17 deste mês.



A gestão recebeu reforços de Ongs, moradores, comerciantes e turistas que se uniram a equipe de coleta de resíduos para recolher e destinar esses detritos, deixando as praias da Costa do Conde aptas a receber banhistas.

Em uma reunião na tarde desta quarta (22), as secretarias do Meio Ambiente e a de Turismo, com um representante representante da Associação dos Bugueiros do Litoral Paraibano (ABLP), alinharam um plano de ação com o auxílio de voluntários, a ser aplicado nesta segunda feira (26), por volta das 9 horas, quando a tábua da maré será 0.1.

Após a reunião eles fizeram uma incursão pela Costa do Litoral Sul para identificar a extensão dos resíduos e quais praias foram mais afetadas.

SECOMD



Nenhum comentário