Notícias

Guarda do Conde deflagra a Operação Maria Eunice com 60 agentes para capturar fugitivos, recuperar veículos e combater o tráfico de entorpecentes

 

A Guarda Civil Municipal de Conde (GCM) deflagrou nesta quarta-feira (19) a "Operação Maria Eunice" com o objetivo de intensificar o policiamento ostensivo e preventivo em toda a extensão territorial do município costeiro.


A Operação é uma resposta a invasão da Escola Maria Eunice do Egyto, na Salsa, por elementos que furtaram equipamentos da unidade escolar e pertences de funcionários para, segundo testemunhas, pagar dívidas com o tráfico.

60 agentes da Guarda serão empenhados na Operação que vai apertar o cerco para identificar e recuperar veículos roubados, inibir a perpetração de furtos, localizar fugitivos da justiça e combater ao tráfico de entorpecentes, informou o porta-voz da GCM.


Em vídeo, o comandante Nobre, que serviu nas Forças de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) na África, disse que a Operação tem o apoio das polícias Civil e Militar do Estado da Paraíba.

- Dentro da proposta de segurança pública da gestão da prefeita Karla Pimentel, quero dizer que nós não vamos, de forma alguma, permitir que tais situações [referindo-se a invasão da escola] aconteçam - disse o comandante.



- Vamos trabalhar intensamente para que o Conde seja uma cidade cada dia mais segura para seus moradores e para quem a visita. Contem com a Guarda Municipal - finalizou.

Certo é que se a cidade quiser se consolidar como destino turístico, não há caminho que não passe pelo enfrentamento à criminalidade que assombra moradores e turistas.

Assista o pronunciamento 
do comandante:



Nenhum comentário