Notícias

Quase 500 familias recebem auxilio financeiro da Prefeitura de Alhandra


O prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, e a vice-prefeita, Zilda do Varejão estiveram prestigiando, nesta sexta-feira (26) a entrega do benefício do programa municipal Mais Renda às famílias assistidas pela Secretaria Municipal de Ação Social, Cidadania e Habitação. 

A secretária municipal de Ação Social, Juliana Vidal, também recebeu os demais secretários municipais e vereadores, além do deputado estadual, Felipe Leitão e o ex-vice-prefeito de Alhandra, Cal Lucena. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Finanças.

Os benefícios foram entregues a aproximadamente 500 famílias, em Alhandra, e a secretária municipal de Ação Social, Juliana Vidal, fala da alegria em realizar esta ação. “Nesta manhã quero compartilhar com vocês a alegria de estar realizando este evento. Agradeço ao prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues e a vice-prefeita, Zilda do Varejão pelos esforços para que esse evento fosse realizado hoje. E estou feliz nesta manhã em ver cada um de vocês, quero dizer que o nosso compromisso com o povo de Alhandra não é somente entregar uma cesta básica, nem tão pouco o Mais Renda. O nosso compromisso é levar dignidade para o nosso povo. Queremos sempre fazer um ótimo atendimento e nos aproximar de vocês e também estou feliz em podermos abençoar a vida deste povo tão batalhador que é”, afirmou a secretária.

"Quero agradecer primeiramente a Deus por tudo, diante de todos. Agradecer a presença de todos. Em outro momento prometemos pagar R$100 e hoje estamos pagando mais. Cada família está recebendo R$ 110,00”, Afirmou a vice-prefeita, Zilda do Varejão. Ela ainda falou que irá fazer muito mais pelo município. A vice-prefeita explicou que a entrega não se concretizou antes porque a gestão municipal precisava de ter a legalidade e hoje de posse da legalidade a prefeitura pode executar o pagamento do programa Mais Renda. Zilda do Varejão lembrou que enquanto isso, a prefeitura vinha suprindo as necessidades com a Cozinha Comunitária e o Programa de Aquisição de Alimentos, que distribui alimentos à população.

O deputado estadual, Felipe Leitão, destacou as ações municipais que são desenvolvidas em Alhandra. “Marcelo e Zilda estão à frente desta gestão porque vieram para cuidar daqueles que mais precisam. Daqueles que mais recebem o auxílio do serviço público, daqueles que vivem em vulnerabilidade social, esse é o público alvo. Esse é o povo que a gestão municipal e os vereadores têm se empenhado para fazer projetos e políticas públicas para poder amenizar o sofrimento de cada pai e mãe de família. Enviamos ao governador do Estado mais de meio milhão de reais de emendas para serem destinados a Alhandra”, afirmou.

“Agradeço a Deus por este momento, por esta oportunidade. Desde o começo da gestão temos tentado fazer com que acontecesse e é tudo na hora e no tempo certo. Recebemos a prefeitura em um momento muito difícil, estávamos sem dados das famílias assistidas. Não tínhamos acesso aos dados do cadastro das famílias que faziam parte do Mais Renda. Tivemos que fazer um novo cadastro e assim organizar tudo para executar o programa. Por que R$110,00? Graças aos nossos amigos vereadores sentamos e elaboramos o projeto de lei que não é R$110,00 , que não é R$100,00, e sim, 10% do salário mínimo”, afirmou o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues. Ele ainda disse que, no próximo ano, quando o salário mínimo aumentar automaticamente, o valor do benefício irá aumentar também.

O Programa Mais Renda é um benefício eventual e o usuário pode ficar até um ano nesse programa. Pois ele tem data de início e data de fim. A partir do momento que a família não se enquadrar mais no programa, ela dará lugar a outra família.

Para participar do Mais Renda, as pessoas deverão estar com os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). Também é importante o parecer e a visita técnica da Assistência Social da secretaria, pois verifica a necessidade daquela família ter acesso ao programa.

As famílias também devem ser atendidas pelo CRAS, CREAS ou SCFV. Ter até 20% de renda mensal por pessoa por mês. Elas devem estar sob acompanhamento e residir no município há pelo menos um ano.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Alhandra
Texto: Wagner Mariano
Foto: Jessana Ômega / Ailton Cunha / Misael Oliveira

Nenhum comentário