Notícias

VÍDEO: Índios agridem agentes da Guarda e invadem a Câmara Municipal de Conde

Momento que índios invadem Plenário da Câmara

A Câmara Municipal da cidade de Conde foi palco de momentos de terror na tarde desta quinta-feira (11) quando foi invadida por um grupo de indígenas instigados pela ex-prefeita Márcia Lucena (PT), aquela que governou e fez campanha para reeleição monitorada pela justiça através de uma tornozeleira eletrônica.

No momento acontecia uma Audiência Pública para debater alterações nas regras construtivas da cidade e permitir o reaquecimento da construção civil que havia sido inviabilizado por uma lei da própria Márcia.

Cauteloso com uma possível propagação da Covid-19, e atendendo as regras sanitárias vigentes, o presidente da Câmara, Luzimar Nunes (PSB) limitou o acesso ao Plenário permitindo a ocupação de 50% dos assentos. Tal decisão foi tomada como lastro para atitudes antidemocráticas.. 

Logo no início da apresentação do Projeto para passar aos debates, um cacique se aproximou da porta que estava protegida pela Guarda Metropolitana de Conde e pediu para falar com o Inspetor Fernandes. Educadamente, o inspetor se propôs a ouvi-lo não sabendo que seu propósito era invadir a Casa Cícero Leite e impedir a continuação da Audiência.

No afã de cumprir sua responsabilidade de proteger o prédio e os presentes, o inspetor foi agredido e teve que ser socorrido por seus companheiros para o hospital do trauma, na capital.

A Prefeita Karla Pimentel (PROS) lamentou o fato através de Nota Oficial. "Nossa gestão se solidariza com todos os que estavam presentes na Casa Comendador Cícero Leite assistindo de forma ordeira e respeitosa a sessão", disse.



LEIA A NOTA OFICIAL NA ÍNTEGRA

A Prefeitura do Município de Conde lamenta profundamente atitudes antidemocráticas ocorridas na data de hoje (11/11/2021) na Câmara de Vereadores deste Município, que impediram a realização de audiência pública que visava apresentar à população Condense projeto de lei de autoria do Executivo para readequar a lei do zoneamento e possibilitar importante avanço econômico em nossa cidade. 

Nossa gestão se solidariza com todos os que estavam presentes na Casa Comendador Cícero Leite assistindo de forma ordeira e respeitosa a sessão, em especial os ilustres vereadores que se dispuseram a realizar audiência pública com o intuito de ouvir toda a comunidade e debater o projeto de lei, garantindo vez e voz a todos, o que não era de costume neste Município. 

Também externamos nossa solidariedade ao 2º Inspetor Fernandes, da Guarda Municipal, que no exercício de sua função sofreu agressão e foi socorrido para atendimento hospitalar. 

O projeto de lei encaminhado à Câmara Municipal tem por finalidade adequar a legislação do Município de Conde as normas construtivas já realizadas em Municípios vizinhos, como ocorre em João Pessoa, onde se observa que as construções são ordenadas e há respeito ao meio ambiente, sem impedir o avanço do mercado imobiliário. 

As atitudes que foram vistas hoje são frutos do desespero e despreparo de algumas pessoas que na iminência de ver o avanço do Município, tentam a todo custo barrar, tentando, mais uma vez, impedir que o povo condense tenham novas oportunidades. 

Seguiremos nossa pauta e apoiaremos os Vereadores deste Município, que com toda certeza continuarão debatendo com o povo e tomarão a melhor decisão para o bem do Conde. 

KARLA PIMENTEL 
PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONDE

Nenhum comentário